20/11/2014 às 09h49min - Atualizada em 22/05/2015 às 14h56min

Reta final: Corinthians sobe, Atlético voa, Botafogo afunda

Rodada de quarta esquentou briga pelo G4 e a luta para não cair. Nesta quinta, mais dois jogos decisivos, incluindo aguardado duelo entre Grêmio e Cruzeiro

VEJA
Luan voltou a brilhar pelo Atlético-MG contra o Flamengo

Luan voltou a brilhar pelo Atlético-MG contra o Flamengo

Luan voltou a brilhar pelo Atlético-MG contra o Flamengo (Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro/Divulgação)

A rodada de quarta-feira esquentou ainda mais a briga nas duas pontas da tabela do Brasileirão 2014 – e mais dois jogos nesta quinta podem deixar a disputa ainda mais acirrada, tanto para entrar no G4 como para sair da zona de rebaixamento. Os destaques da quarta foram o Atlético-MG e o Corinthians. O clube mineiro voltou a golear o Flamengo em Belo Horizonte – depois de marcar 4 a 1 e eliminar os cariocas da Copa do Brasil, no Mineirão, o time de Levir Culpi fez 4 a 0 na equipe de Vanderlei Luxemburgo, desta vez no Estádio Independência. Luan, em fase excepcional, voltou a brilhar, marcando dois gols. Levir aprovou: "Os toques estão rápidos e sempre buscando o gol. O time que joga assim merece o resultado". O Atlético é o quarto colocado, com 61 pontos. Logo à frente dele, com 63, está o Corinthians, que bateu o Goiás por 1 a 0 (gol contra de Felipe Macedo) em Belém e segue firme, com seu futebol pragmático, rumo à Libertadores de 2015. "Se não foi possível conquistar títulos neste ano, as perspectivas são boas para o ano que vem", avaliou o técnico Mano Menezes.

Roberto Filho/Fotoarena
Jobson assiste à derrota do Botafogo para o Figueirense, no Rio

Jobson assiste à derrota do Botafogo para o Figueirense, no Rio

Jobson assiste à derrota do Botafogo para o Figueirense, no Rio

Tanto Atlético como Corinthians torcem contra o Grêmio nesta quinta-feira, às 22 horas (de Brasília), quando a equipe gaúcha recebe o líder Cruzeiro num aguardado duelo em Porto Alegre. Com 60 pontos, o time de Luiz Felipe Scolari pode superar os dois concorrentes se vencer em casa. Já o Cruzeiro tenta pontuar para ficar mais perto de festejar o título de bicampeão já no fim de semana. No outro jogo desta quinta, às 19h30, no Maracanã, o Fluminense, que corre por fora na briga para entrar no G4 (tem 57 pontos), recebe a Chapecoense, lutando para não cair. O time catarinense é o 17º colocado, com 36 pontos, e pode se beneficiar do empate entre Coritiba e Vitória, 1 a 1, na quarta, para sair da zona da degola. Nesse caso, o clube paranaense, com 38, entraria no grupo do descenso. Quem está cada vez mais longe de se salvar é o Botafogo. Numa partida dramática, a equipe de Vágner Mancini perdeu para o Figueirense em São Januário, 1 a 0, gol de França, e segue em penúltimo, com 33 pontos. Jobson perdeu um pênalti no revés botafoguense, que deixou o time em situação desesperadora. "Agora, só um milagre. Estamos lutando e batalhando, mas a bola não entra, vou falar o quê? Vamos honrar a camisa até o final. Enquanto existir alguma chance, vamos lutar", disse o goleiro Jéfferson, titular da seleção brasileira.


Link
Notícias Relacionadas »