21/11/2014 às 08h09min - Atualizada em 22/05/2015 às 14h56min

Time se vira sem Guerrero, mas ganha referência com retorno do atacante

Peruano se junta a companheiros do Corinthians no treino desta sexta e é reforço de peso para reta final do Brasileiro. Sem ele, garotos correspondem bem sob pressão

GloboEsporte.com
Malcom Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)

Malcom Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)

Malcom ganhou elogios na ausência de Guerrero (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)

A ausência de Paolo Guerrero nos jogos fora de casa contra Bahia e Goiás preocupava demais a comissão técnica do Corinthians, tanto que o centroavante prometeu fazer um esforço para se livrar de pelo menos uma das duas partidas da seleção do Peru contra o Paraguai, realizadas nos dias 14 e 18 de novembro. Sem sucesso na missão, continuou com seus compatriotas até terça-feira e não participou de partidas decisivas do Timão. Quem entrou, porém, conseguiu se virar bem sob pressão. Guerrero volta a treinar com os companheiros nesta sexta-feira.

Nos dois jogos, o técnico Mano Menezes teve apenas três atacantes à disposição: Luciano, Malcom e Gustavo Tocantins. O trio com média de idade inferior a 19 anos mal sentiu o peso da camisa. Luciano é o artilheiro alvinegro na temporada, com 15 gols, passou em branco na sequência de duas vitórias, mas foi considerado importante taticamente por Mano. Tocantins entrou contra o Goiás e quase fez seu primeiro gol pelo Corinthians.

Destaque mesmo foi Malcom, autor de um gol de extrema frieza sobre o Bahia, aproveitando longo lançamento de Cássio. Contra o Goiás, ele manteve o bom nível técnico e abusou dos dribles e jogadas bonitas – um chapéu duplo sobre Felipe Saturnino levantou ainda mais a já empolgada torcida corintiana em Belém, no Pará.

As boas atuações não impedem o time de comemorar a volta de quem é considerado referência pelos mais jovens. Guerrero vai tirar um pouco do peso sob os ombros dos companheiros de ataque.

- A volta dele ajuda, claro. É sempre muito bom jogar ao lado do Guerrero, e espero conseguir ajudá-lo com bons passes e jogadas para gols – disse Malcom.

Artilheiro corintiano no Campeonato Brasileiro, com dez gols, o peruano facilita o trabalho dos meias porque sabe fazer o pivô e atrai a marcação, permitindo infiltrações de quem joga mais recuado. Contra Bahia e Goiás, essa jogada foi pouco utilizada justamente pela ausência do atacante.

- O Paolo segura a bola lá na frente, é o nosso matador, um jogador que está fazendo a diferença nos últimos jogos. Quem ganha com isso é o grupo – afirmou o meia Renato Augusto.

Além de Guerrero, o Corinthians tem mais três reforços para o jogo contra o Grêmio. O meia Lodeiro e o atacante Romero retornam das seleções de Uruguai e Paraguai, respectivamente, enquanto o meia Petros volta de suspensão. O zagueiro Anderson Martins e o lateral-esquerdo Fábio Santos, lesionados, serão avaliados pelo departamento médico.

Guerrero Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)

Guerrero Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)

Ausente por dois jogos, Guerrero retorna aos treinos nesta sexta-feira (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)

Link
Notícias Relacionadas »