02/12/2014 às 11h24min - Atualizada em 22/05/2015 às 14h56min

“Se não der conta me chama”, diz Puccinelli para Azambuja

Governador realizou hoje última entrega de viaturas para Segurança Pública; Azambuja participou de solenidade

Dayene Paz e Valdelice Bonifácio
Diário Digital
Governador realizou entrega de viaturas para Segurança Pública nesta manhã (Foto: Kísie Ainoã)


Hoje, o governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB) realizou a entrega de viaturas para a Segurança Pública do Estado. Na ocasião, André ressaltou que deixa o governo com as contas em dia e que se, Reinaldo Azambuja (PSDB) tiver igual competência ao governo dele, irá administrar tranquilamente. “Se não der conta me chama, que eu como cidadão comum, sem salário, auxilio meu estado”, comentou.

Na primeira reunião com os deputados estaduais, na semana passada, Azambuja demonstrou preocupação com o impacto na folha de pagamento no mês de janeiro de 2015, quando vários planos de cargos e carreiras começam a vigorar. Hoje, o governador destacou que o acréscimo de cerca de R$ 5 milhões na folha é “perfeitamente pagável”.

O governador do Estado também afirmou que em sua gestão, a receita caiu pela metade e que deixa o Estado administrável. Das quatro dívidas que ele pegou no seu governo, duas já foram quitadas. Também, há um empréstimo no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para obras de infraestrutura, que começará a ser pago em 2016.


Link
Notícias Relacionadas »