29/01/2015 às 09h57min - Atualizada em 22/05/2015 às 14h56min

Adolescentes confessam que mataram rapaz com 15 facadas

Dois foram autuados em flagrante por homicídio

 
 
 
 
 

A polícia de Dourados desvendou o crime que teve como vítima Gustavo dos Santos Vargas, de 18 anos, que residia no Jardim Santa Brígida. Ele foi assassinado com 15 golpes de facão e faca, durante a madrugada de ontem.

Dois foram autuados em flagrante por homicídio duplamente qualificado foto - Sidnei Lemos/Bronka

Dois foram autuados em flagrante por homicídio duplamente qualificado foto - Sidnei Lemos/Bronka

Dois foram autuados em flagrante por homicídio duplamente qualificado
foto - Sidnei Lemos/Bronka

Rapaz foi assassinado com 15 golpes de facãofoto - Cido Costa/Douradosagora

Rapaz foi assassinado com 15 golpes de facãofoto - Cido Costa/Douradosagora

Rapaz foi assassinado com 15 golpes de facão
foto - Cido Costa/Douradosagora

Dois adolescentes, de 15 e 17 anos foram apreendidos, por agentes do Serviço de Investigação Geral (SIG) e do 2º Distrito Policial, na quitinete onde residem na Rua Clovis Cersózimo de Souza, na Vila Piratininga.

A princípio, negaram participação no homicídio mas, segundo a polícia, eles confessaram depois que os policiais encontraram uma calça e uma jaqueta suja de sangue.

Segundo a polícia, os adolescentes alegam que, há cerca de quatro meses, estariam sofrendo ameaças por parte da vítima que, conforme diz a dupla, costumava frequentar a vila conhecida como "Favelinha do Piratininga".

Na madrugada do crime, os adolescentes saíram da casa e seguiam para uma lanchonete quando teriam visto a vítima em companhia de um colega, supostamente armados com faca, conforme afirmaram à polícia. A dupla resolveu voltar para a quitinete, pegou uma faca e um facão e aguardou Gustavo na entrada da "Favelinha do Piratininga". Os primeiros golpes foram desferidos ali.

Gustavo foi assassinado com 15 golpes na cabeça, costas e braços. Na delegacia, os adolescentes disseram ao delegado José Carlos Almussa que tantas facadas foram para 'conferir' o serviço. Os dois foram autuados em flagrante por homicídio duplamente qualificado e ficarão na Unidade Educacional de Internação - a Unei Laranja Doce, em Dourados, à disposição da Justiça.


Link
Notícias Relacionadas »