11/02/2015 às 08h14min - Atualizada em 22/05/2015 às 14h56min

Com 52% dos votos, teólogo Marco é o terceiro eliminado do "BBB15"

Uol

Depois de enfrentar um disputado paredão contra o produtor cultural Fernando, o teólogo Marco recebeu 52% dos votou e foi eliminado do "BBB15" nesta terça-feira (10). Ao sair da casa, ele foi avisado pelo apresentador Pedro Bial de que a votação bateu o recorde de votos desta edição. Questionado sobre onde errou, o ex-jogador de pôquer filosofou sobre a dinâmica do reality show. "Esse jogo não é jogado dependendo exclusivamente da gente, das nossas habilidades. A gente depende do público, de uma massa. A gente deve ser o que é, e o público que decide", afirmou.

O teólogo também exaltou as qualidades de Fernando, seu oponente na berlinda. "Enfrentei no paredão uma pessoa muito especial, que eu fiz uma amizade muito forte", lamentou. Por fim, Marco afirmou que pretente usar a exposição que conseguiu participando do programa para ajudar algumas instituições da qual faz parte.

Já fora do reallity show, Marco disse em entrevista a jornalistas que está disposto a deixar a desavença que teve com Talita durante o confinamento no passado. Ele explicou o abraço que deu na aeromoça ao ter sua saída anunciada. "Quis deixar claro que encerrou o meu ciclo ali. Ela é cristã também e espero que eu não fique em dívidas com ela e nem ela comigo. A vida segue", disse ao saber que a sister chorou depois de que ele se despediu. "Espero, sim, que tenha batido um arrependimento na Talita pela briga de domingo. Arrependimento faz parte. Se não houver esse arrependimento, a humanidade perde o que tem de mais nobre", continuou.

Apesar de considerar Fernando favorito ao prêmio de R$ 1,5 milhão, Marco declarou torcer pelo poeta Adrilles. "Minha torcida de coração é para o Adrilles. Só que eu sei das limitações dele. Espero que essas limitações se transformem em força para ele dentro da casa", desejou.

Desistência e informação externa

Marco foi anunciado como integrante do "BBB15" a dois dias da estreia do programa. Ele substituiu o bailarino recifense Rogério, que desistiu de participar do reality no pré-confinamento.

Ao chegar na casa, Marco contou aos colegas que assistiu às vinhetas de chamada do programa e compartilhou com Adrilles, Mariza e Fernando a frase "vou fazer aliados e depois vou queimar todo mundo", dita por Francieli nas chamadas. A informação foi crucial para a ida da gaúcha ao paredão e consequente eliminação. Ao sair da casa, a primeira eliminada culpou Marco, em partes, por sua despedida do jogo.

Briga com Talita

Mesmo com seu maior desafeto fora do "BBB15", Marco encontrou dificuldades para conviver com outros participantes. Sua ida ao paredão aconteceu depois que ele teve sucessivos embates com a aeromoça Talita.

O teólogo não gostou de receber o castigo do monstro da sister, pela segunda semana consecutiva, e acusou Talita de "fazer um jogo cruel". Irritada com a acusação, a goiana fez campanha para a indicação do teólogo ao paredão e também discutiu, sem saber que estava ao vivo, aos gritos com o curitibano, chamando-o de babaca, trouxa e idiota.

Ex-jogador de pôquer profissional, Marco só revelou seu passado aos companheiros de "BBB15" um dia antes de sua eliminação. "Evitei falar desse aspecto para não criar estereótipo", contou Marco. "Depois de ter sido campeão de várias coisas, eu decidi ser teólogo", completou.


Link
Notícias Relacionadas »