08/06/2015 às 15h51min - Atualizada em 08/06/2015 às 15h51min

Operação registra maior número de acidentes e mais de mil multas diárias

A Operação Corpus Christi da Polícia Rodoviária Federal que, a exemplo do ano passado teve duração de 4 dias, sendo este ano o período de 01 a 07 de junho, registrou aumento no número de acidentes e feridos, mas nenhuma morte. A PRF realizou intenso esforço de fiscalização aplicando 4213 autuações por infrações cometidas pelos condutores.

De acordo com os policiais, foram flagrados veículos com velocidades que chegaram a 179 Km/h. Foram presas 17 pessoas por embriaguez ao volante.

O balanço aponta aínda que 95% dos acidentes tiveram como causa uma falha humana, ou seja, uma infração cometida pelo condutor. Isso demonstra que boa parte dos nossos motoristas insistem em desrespeitar a legislação de trânsito o que explica a maior parte das ocorrências em nossas rodovias federais.

Um dos casos de flagrante de embriaguez, o condutor de um Fiat Uno saiu de pista na BR 163, Km 177 em Juti/MS.

O condutor e passageiro do veículo saíram feridos. No teste de etilômetro, o resultado acusou um valor de 1,05, valor bastante elevado tendo em vista a média obtida nos flagrantes pela PRF. Esta ocorrência se deu no dia 06 de junho de 2015 ás 18h55.

No total foram registrados 62 acidentes com 51 pessoas feridas e uma morte. Por excesso de velocidade foram autuados 3265 veículos, ultrapassagem proibida 417, autuações geral 4937, testes etilômetro 3414 e 17 pessoas presas por embriaguez.


Link
Notícias Relacionadas »