18/06/2015 às 16h27min - Atualizada em 18/06/2015 às 16h27min

Venda de veículos cai, mas alta no setor de artigos pessoais salva comércio varejista

Pesquisa da Fecomércio aponta que receita do comércio em MS está acima da inflação

- Correio do Estado

Mato Grosso do Sul registrou queda de mais de 10% nas vendas de veículos, motos e peças no mês de abril, mas o aumento nas vendas de artigos pessoais e de escritório impulsionaram o aumento de 0,5% nas vendas do comércio varejista, segundo a Pesquisa Conjuntural do Comércio, do Instituto de Pesquisa da Fecomércio (IFP-MS) divulgada nesta quinta-feira (18).

Conforme a pesquisa, em abril, foram registrados aumentos nas vendas dos segmentos artigos de de uso pessoal e doméstico (7,4%), de equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação (7,2%), artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos,de perfumaria e cosmético (6%) e material de construção (5,5%).

As maiores quedas nas vendas foram registradas nos segmentos de veículos, motos, partes e peças (-10,6%), móveis e eletrodomésticos (-8,7%), tecidos, vestuário e calçados (-3,7%), hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-,35%) e livros, jornais,revistas e papelaria (-1%).

Já em relação aos primeiros quatro meses do ano, os segmentos que mais contribuíram para a elevação das vendas foram equipamentos para escritório e informática (16,9%), artigos de uso pessoal e doméstico (8,2%), e materiais de construção (5,8%), além dos artigos farmacêuticos (4,3%) e combustíveis (4%) . Já as maiores quedas ocorreram nos segmentos veículos e peças (-6,2%), móveis e eletrodomésticos  (-4,8%) e supermercados (3,1%).

De acordo com a Fecomércio, a receita nominal do comércio de varejo no estado teve aumento de 5,2% no período de janeiro a abril de 2015, em comparação com o mesmo período do ano passado, ficando acima da média nacional e dos índices de inflação.​

A pesquisa tem como objetivo acompanhar o comportamento conjuntural dos principais segmentos do comércio varejista com base na Pesquisa Mensal do Comércio do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Ainda de acordo com Fecomércio, Mato Grosso do Sul é o único estado do Centro-Oeste a apresentar variação positiva nas vendas do comércio varejista. 


Link
Notícias Relacionadas »