29/06/2015 às 07h09min - Atualizada em 29/06/2015 às 07h09min

Policial civil é executado com quatro tiros ao realizar abordagem em MS

Caso aconteceu em Tacuru, perto da fronteira com o Paraguai

- Mídia Max

O policial civil José Nivaldo foi executado com quatro tiros ao realizar abordagem na tarde deste domingo (28), em Tacuru, a 427 quilômetros da Capital.  Segundo testemunhas, José Nivaldo, que era investigador, estava em casa quando ouviu troca de tiros nas proximidades. Ele teria sido executado quando realizava abordagem.

Segundo relato de testemunha registrado em boletim de ocorrência, homem conhecido como José Osmar Freitas andava na rua armado e tinha atirado na mão de um desafeto, identificado como Leandro. Nivaldo, que estava em sua casa, saiu na rua e se identificou como policial e realizou a abordagem.

 

O policial rendeu o autor do crime e quando estava o algemando teria sofrido uma rasteira, caído e sido executado. A testemunha relatou ainda que José Osmar ainda teria dito a Nivaldo para não se meter na briga dos outros antes de efetuar os quatro disparos.

José Nivaldo, que era investigador da Polícia Civil de Tacuru, estava há dez anos na corporação. Ele deixa mulher e filhos. 

José Osmar Freitas segue foragido e a polícia acompanha o caso.

  • José Osmar Freitas teria efetuado os disparos. Ele está foragido.

Link
Notícias Relacionadas »
Fátima em Dia Publicidade 1200x90