30/06/2015 às 07h13min - Atualizada em 30/06/2015 às 07h13min

17 municípios de MS têm registro da febre chikungunya, diz saúde

- Conjuntura
Em Mato Grosso do Sul, foram notificados 77 casos de febre chikungunya, doença que é transmitida pelo mesmo mosquito da dengue, de janeiro a junho de 2015. Segundo o boletim, com dados até a última quinta-feira (25), há um caso confirmado em Campo Grande.
 
De acordo com o relatório da Secretaria de Estado de Saúde, há registros suspeitas em Corumbá (5), Paranhos (4), Maracaju (3) e outras 14 cidades tem um caso sendo investigado em cada uma.
 
Além da confirmação da doença, na capital sul-mato-grossense, foram feitas 49 notificações, o que representa 63% dos casos no estado.
 
Sintomas
 
Assim como a dengue, a chikungunya é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti só que os sintomas são mais intensos. Os sintomas são febre de início súbito, maior que 38.5°C, e dor intensa nas articulações, acompanhada ou não de edemas (inchaço).
 
Em alguns casos, segundo a SES, as dores articulares permanecem por meses e até anos. O órgão alerta que pode acontecer infecção pela chikungunya e dengue ao mesmo tempo, já que o mesmo mosquito pode carregar os dois vírus.
 

Ao apresentar sintomas da doença, as recomendações da SES são procurar uma unidade de saúde e manter repouso, tomar muito líquido, como água, suco de frutas, soro caseiro, chás, água de coco e sopas, além de evitar exposição aos mosquitos.


Link
Notícias Relacionadas »
Fátima em Dia Publicidade 1200x90