07/12/2015 às 09h54min - Atualizada em 07/12/2015 às 09h54min

Praça que seria entregue em novembro não sai do papel e terreno é invadido pelo mato em Fátima do Sul

Obra parada, resultado da falta de planejamento e de administração

- DA REDAÇÃO

Quem anda por aí observando as construções certamente já reparou nas obras públicas que estão paradas e se espalham em vários bairros da cidade de Fátima do Sul.

No Bairro Centro Educacional o mais populoso do município, a obra lançada pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e pelo prefeito Júnior Vasconcelos (PSDB), no dia em que Fátima do Sul completava 52 anos, estão totalmente paralisadas.

No dia 18 de junho deste ano o Prefeito anunciou que a Caixa Econômica Federal havia autorizado o inicio das obras de construção da referida. A obra estava orçada na ordem de R$ 760,5 mil, e deveria ser concluída em novembro deste ano, conforma consta no edital e placa de lançamento da obra, instalada no terreno onde será construída a Praça.

No dia do anuncio o prefeito Junior Vasconcelos (PSDB) informou que o local onde será construída a nova praça já havia sido devidamente limpo e a obra já se encontrava em plemo andamento, o que de fato não ocorreu e simplesmente não sai do papel.

Na época o projeto apresentado a praça contará com área total de 13,7 mil metros quadrados, será cercada com mureta e tela e terá uma guarita na parte frontal, terá uma quadra de areia, um vestiário, dois quiosques, campo de bocha e malha cobertos e pista de caminhada com aproximadamente 400 metros de extensão.


Maquete de lançamento da Praça do Bairro Centro Educacional


Link
Notícias Relacionadas »