19/04/2016 às 07h54min - Atualizada em 19/04/2016 às 07h54min

Marceneiro é assassinado por sócio ao intervir em briga entre pai e filho

Marceneiro oi assassinado com duas facadas

- Dourados News

O marceneiro Altair Lucas Carvalho, de 37 anos, foi assassinado com duas facadas no peito na noite desta segunda-feira, dia 18 de abril, ao tentar intervir em uma briga entre pai e filho. O crime aconteceu em um bar, localizado na rua Minas Novas, Bairro Cidade Morena, em Campo Grande e o principal suspeito é o sócio da vítima, identificado pela polícia como Gilmar.

Altair dividia a sua marcenaria com Gilmar, que realizava os serviços de serralheria no local. Nesta segunda-feira, segundo o Midiamax, os sócios estavam no estabelecimento quando o autor começou a brigar com o filho. A vítima interferiu na confusão e por isso o suspeito pegou uma faca e partiu para cima do colega.

O marceneiro então correu para um bar que fica ao lado do estabelecimento para pedir ajuda, mas foi alcançado por Gilmar e esfaqueado. Altair levou dois golpes no peito, não resistiu ao ferimento e morreu no local.

Segundo o proprietário do bar, ele só percebeu o crime quando ouviu os gritos da vítima. "Escutei o grito e já vi ele [Altair] caído. Consegui ver também o suspeito limpar a faca na grama e fugir de carro", narra a testemunha.

Familiares da vítima contaram para ao jornal que os sócios já haviam se desentendido outras vezes e que Gilmar estava bebendo desde sábado. As Polícias Civil, Militar e a perícia foram até o local para atender a ocorrência.


Link
Notícias Relacionadas »