25/04/2016 às 10h36min - Atualizada em 25/04/2016 às 10h36min

Moradores em Fátima do Sul são presos pescando em local proibido rio Miranda

Em trabalhos de fiscalização no rio Miranda, no município de Nioaque, durante a operação Tiradentes, Policiais Militares Ambientais de Jardim, prenderam ontem (23), quatro pescadores por pesca predatória.

Os infratores, um eletricista de 30 anos e um motorista de 47 anos, residentes em Fátima do Sul, um empresário, de 47 anos, residente em Cascavel (PR) e um vendedor, residente em Mirassol (SP) pescavam em um local denominado Corredeira do Jaú.

As corredeiras e cachoeiras são locais interditados para a pesca, em 200 metros a montante e a jusante. Foram apreendidas quatro carretilhas com varas. Cada infrator foi autuado administrativamente e multado em R$ 700,00.

 (TERENOS) – Dois outros pescadores foram autuados por Policiais Militares Ambientais de Campo Grande, quando pescavam com petrechos proibidos no rio Aquidauana, no município de Terenos. Eles foram flagrados ontem (23), no momento em que estavam em uma embarcação, armavam e conferiam anzóis de galho (petrechos proibidos), que haviam armado. Com os infratores, residentes em Arapongas (PR) foram apreendidos um barco, um motor de popa e 30 anzóis de galho. Cada pescador também foi autuado administrativamente e multado em R$ 1.400,00. Os policiais ainda retiraram 110 anzóis de galho que estavam armados no rio.

Apesar de não terem capturado ainda nenhum peixe, em razão da presteza da fiscalização, todos os seis pescadores responderão por crime ambiental de pesca predatória e poderão pegar pena de um a três anos de detenção.


Link
Notícias Relacionadas »