27/04/2016 às 15h32min - Atualizada em 27/04/2016 às 15h32min

Após mobilização da deputada Grazielle, remanescentes da PM recebe negativa do Governo

Grazielle Machado (PR) abriu espaço aos remanescentes da Policia Militar do concurso do ano de 2013

- Assessoria

Em sessão ordinária na Assembleia Legislativa na manhã desta terça-feira (26) a deputada estadual Grazielle Machado (PR), em disposição ao regimento interno da Casa, abriu espaço aos remanescentes da Policia Militar do concurso do ano de 2013, que reivindica convocação dos aprovados pelo Governo Reinaldo Azambuja. O líder dos remanescentes, Hérik Garcia ocupou a tribuna e fez um apelo para que todos os deputados possam ajudá-los.


Grazielle Machado (PR) abriu espaço aos remanescentes da Policia Militar,
do concurso do ano de 2013.

Conforme Hérik, mais de 2 mil remanescentes que prestaram o concurso e atingiram a pontuação para a aprovação do cargo esperam serem convocados. Ele explica que o Governador do Estado prometeu que, quando assumisse o mandato iria solucionar o impasse, porém, eles tentaram várias formas de dialogo com Reinaldo Azambuja e não obtiveram retorno positivo. “Remanescentes de todo o Estado esperam que o Governador cumpra o que nos prometeu, não queremos nada além do que a lei nos ampara e nos dá o direito de lutar”, defende Hérik,

Segundo a deputada, embora os remanescentes possam buscar uma saída judicial, ela acredita no bom senso do Governador em resolver o impasse. “Valorizando os remanescentes, ele estará ajudando centenas de famílias, vai aumentar o efetivo da segurança pública e diminuir gastos aos cofres do Estado, sem precisar realizar outro concurso”, finalizou a parlamentar.

Link
Notícias Relacionadas »