15/06/2016 às 08h38min - Atualizada em 15/06/2016 às 08h38min

Suspensão da emissão de identidades prejudica 20 mil pessoas no Estado

Serviço será regularizado somente em 60 dias, informou a Sejusp

A emissão das carteiras identidade, os registros gerais (RG), em Mato Grosso do Sul, suspensa há 48 dias, só deve voltar a acontecer a partir da próxima sexta-feira, dia 17. Por causa desta paralisação, pelo menos 20 mil pessoas esperam pela emissão de documentos em todo o Estado.  A previsão da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) é de que o serviço seja normalizado entre 60 e 90 dias. 

O titular da Sejusp, José Carlos Barbosa, o Barbosinha, informou que desta vez o problema é a falta de papel, entregue pela Casa da Moeda do Brasil (CMB), empresa pública responsável pela produção gráfica de produtos de segurança, como é o caso do RG. “Foi feito compromisso de entregar até dia 15 (hoje), a partir daí vamos trabalhar em esquema de mutirão para iniciar as emissões no dia 17 de junho”. Ele não informou há quanto tempo existe problema no abastecimento de papel pela Casa da Moeda ao Estado.


Link
Notícias Relacionadas »