27/06/2016 às 16h48min - Atualizada em 27/06/2016 às 16h48min

Número de envididados em MS cresce acima da média nacional

Estatística mostra que aumento em MS foi de 6,7%; no Brasil foi de 3,2%

- Correio do Estado

A porcentagem de pessoas que não conseguiram pagar suas contas e foram negativadas em maio deste ano no Estado aumentou 6,7%. A referência é com relação ao mesmo período de 2015 e a estatística foi feita pela Boa Vista SCPC.

O levantamento indicou que Mato Grosso do Sul apresentou aumento bem maior que o registrado na região Centro-Oeste (Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal) e no Brasil. Entre os estados, a estatística mostrou que houve 5,1%  de crescimento de inadimplentes no Centro-Oeste e 3,2% no Brasil.

"O indicador de registro de inadimplência é elaborado a partir da quantidade de novos registros de dívidas vencidas e não pagas", divulgou nota da entidade.

Esse cenário ruim foi verificado em pelo menos duas cidades sul-mato-grossenses. Em Campo Grande, os devedores cresceram 7,9% entre maio deste ano e de 2015.

O mercado de Dourados teve situação mais crítica. Os inadimplentes por lá cresceram em 11% no período pesquisado.

Esses números servem para balizar comerciantes e grandes empresas sobre a situação do consumidor e se ele está com crédito para realizar compras a prazo. "São 350 milhões de informações comerciais de consumidores e empresas e mais de 7 milhões de consultas diárias", divulgou nota da empresa que atua no setor.

COM CRÉDITO

A pesquisa também divulgou números relativos a recuperação de crédito do consumidor. Na Capital, o aumento de quem pagou suas dívidas e saiu do "vermelho" foi de 15,6%, entre maio de 2016 e o mesmo mês do ano passado.

Dourados também apresentou melhora, na ordem de 16,9%. No geral, os devedores em Mato Grosso do Sul seguiram essa tendência e 14,6% foi o aumento das pessoas que pagaram o que deviam.


Link
Notícias Relacionadas »