29/06/2016 às 16h41min - Atualizada em 29/06/2016 às 16h41min

Bernal ignora vereadores há quase 1 ano e Câmara vai ao MP

- Correio do Estado

A quantidade de requerimentos e indicações apresentadas pelos vereadores de Campo Grande ao prefeito Alcides Bernal (PP) desde que ele reassumiu o comando da cidade, em agosto do ano passado, já passa de 13 mil. A Câmara reclama que o prefeito tem ignorado os pedidos e já pretende ir ao procurador-geral do Ministério Público Estadual (MPE), Paulo Passos, reclamar da situação.

Desde o dia 27 de agosto, no dia seguinte a recondução de Bernal ao cargo, até dezembro do ano passado foram apresentadas 5.280 indicações pelos vereadores, dessas, apenas 234 foram respondidas.

Neste ano o número de respostas é ainda menor. Das 7.581 indicações, 7.427 continuam a espera da apreciação do prefeito.

Com relação aos requerimentos enviados pela Câmara, o cenário é um pouco melhor para os vereadores porque há lei que determina prazo de 15 dias para resposta. O instrumento busca, muitas vezes, esclarecer dúvidas em processos licitatórios e emprego do recurso público na prestação de serviços.

Dos 153 requerimentos solicitados desde o ano passado, 32 deixaram de ser respondidos.

João Rocha (PSDB), presidente da Casa de Leis, afirmou que a ausência de respostas resulta em improbidade administrativa. O parlamentar pretende entregar relatório oficial sobre o assunto ao procurador-geral do Ministério Público, Paulo Passos.


Link
Notícias Relacionadas »