13/09/2017 às 12h59min - Atualizada em 13/09/2017 às 12h59min

PMA prende e autua em R$ 2,4 mil pescador profissional e mecânico por pescar com 180 metros de rede no Pantanal

Policiais Militares Ambientais de Corumbá realizavam fiscalização no rio Paraguai na região conhecida como “Bracinho” e prenderam ontem (12) à tarde, dois pescadores por capturar pescado utilizando petrechos proibidos (rede de pesca). Um pescador profissional (51) e um mecânico (34) estavam em uma embarcação pescando com uma rede de pesca de 180 metros.

Os infratores já haviam capturado 25 kg de pescado das espécies pacu, cachara e pintado, utilizando o petrecho proibido por lei. Além da rede de pesca e do pescado ilegais, foram apreendidos o barco e motor de popa utilizados no crime.

Os pescadores, residente em Corumbá, receberam voz de prisão e foram conduzidos à delegacia de Polícia Federal de Corumbá, onde foram autuados em flagrante por crime ambiental de pesca predatória. Se condenados poderão pegar pena de um a três anos de detenção. Cada pescador também foi autuado administrativamente e recebeu multa de R$ 1.200,00. O pescado será doado a instituições filantrópicas depois de periciado.


Link
Notícias Relacionadas »