15/09/2017 às 09h21min - Atualizada em 15/09/2017 às 09h21min

Com 38 mil inscritos, concurso da Polícia Civil vai render quase R$ 6 milhões

Valor do contrato com Fapems foi aditado em mais de R$ 2 milhões

- MÍDIA MAX

O grande número de inscritos para o concurso da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, fez com que o governo do Estado, por meio da SAD (Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização) ampliasse o valor do contrato com a Fapems (Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura de Mato Grosso do Sul) em cerca de R$ 2,6 milhões.

Assinado em maio de 2017, o contrato inicial era de R$ 3,1 milhões, e de acordo com publicação feita no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (15) esse valor saltou para R$ 5,7 milhões.

A justificativa do governo foi a procurada elevada de candidatos, ‘tendo em vista que no total foram efetivados 38.262 (trinta e oito mil e duzentos e sessenta e dois) inscritos no Concurso Público de Provas e Títulos - SAD/SEJUSP/DP/APJ/2016, para Provimento dos Cargos de Delegado de Polícia e de Agente de Polícia Judiciária, nas funções de Escrivão de Polícia Judiciária e Investigador de Polícia Judiciária, do Quadro de Pessoal da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul (SEJUSP)’.

Na última terça-feira (12), o governo divulgou o resultado e o gabarito da prova para a função de delegado de polícia.

As provas para os cargos de Escrivão de Polícia Judiciária e Investigador de Polícia Judiciária estão marcadas para o próximo domingo (17).


Link
Notícias Relacionadas »