23/11/2017 às 10h20min - Atualizada em 23/11/2017 às 10h20min

Servidores jogam notas falsas e invadem plenário da Assembleia

Sindicatos organizaram protestos contra reforma da previdência

- Mídia Max

Com plenário lotado de servidores estaduais, a sessão desta quinta-feira (23), começou e foi suspensa logo em seguida, pelo presidente da Casa, deputado Junio Mochi (PMDB), porque manifestantes invadiram a área reservada aos parlamentares.

Centenas de manifestantes tomaram o plenário e pularam o cercado que divide área de visitantes do local onde ficam os deputados. Um servidor caiu no espaço e dezenas pularam a pequena grade que separa os espaços.

Os seguranças do legislativo não conseguiram conter os manifestantes, que jogaram notas falsas de dinheiro e gritaram palavras de ordem contra a base aliada do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

A Assembleia deve votar nesta quinta-feira, em segunda-feira votação, o projeto de reforma da previdência dos servidores estaduais, que aumenta a alíquota de contribuição do funcionalismo, e única os fundos previdenciários.

Mochi suspendeu a sessão, ‘até que seja restabelecida a ordem’.

Os sindicalistas esperam cerca de mil pessoas na sessão de hoje, e pressionam os deputados para rejeitaram a proposta de reforma da previdência nos moldes propostos pelo governo Azambuja.


Link
Notícias Relacionadas »
Fátima em Dia Publicidade 1200x90