28/02/2019 às 09h23min - Atualizada em 28/02/2019 às 09h23min

PF prende funcionários dos Correios do PR suspeitos de se apropriar de encomendas

Prisões ocorreram na manhã desta quinta-feira (28), em Curitiba e Região. Conforme a PF, eles ficavam até mesmo com drogas sintéticas enviadas ilegalmente para o país.

A Polícia Federal (PF) prendeu, na manhã desta quinta-feira (28), em Curitiba e Pinhais, na região metropolitana da capital, três funcionários dos Correios. Eles são suspeitos de apossarem-se de encomendas internacionais.

Eles foram presos dentro do Centro Internacional de Curitiba (Ceint) dos Correios, em Pinhais, na Região de Curitiba, durante o expediente.

Além dos três mandados de prisão temporária em Pinhais, os policiais também cumpriram quatro mandados de busca e apreensão - três em Curitiba e um em Pinhais.

Trio foi preso dentro do Centro Internacional de Curitiba (Ceint) dos Correios, em Pinhais, na Região de Curitiba — Foto: Wesley Cunha/RPC

De acordo com a PF, os suspeitos são empregados e funcionários terceirizados dos Correios. Eles trabalhavam no setor de triagem de objetos internacionais.

Conforme as investigações, os três agiam de forma dissimulada e promoviam a ruptura de algumas encomendas internacionais, apropriando-se do conteúdo delas.

Ainda conforme a PF, a atuação do grupo era constante e verificou-se que os presos se ficavam com diversos objetos, inclusive drogas sintéticas que são ilegalmente enviadas para o Brasil.

Os suspeitos devem ser indiciados pelos crimes de associação criminosa e peculato. As penas podem chegar até 12 anos de prisão.

Conforme a PF, eles ficavam até mesmo com drogas sintéticas enviadas ilegalmente para o país — Foto: Divulgação/PF

Conforme a PF, eles ficavam até mesmo com drogas sintéticas enviadas ilegalmente para o país — Foto: Divulgação/PF

Link
Notícias Relacionadas »