29/08/2019 às 09h10min - Atualizada em 29/08/2019 às 09h10min

Fátimassulense Júnior Prego reedita parceria e se apresenta no Água Santa para disputa da Copa Paulista

Prego vem de um acesso com título em Santa Catarina, pelo Almirante Barroso.

- GMC ONLINE
Foto: Rodrigo Araújo/Maringá FC
O ano de 2017, para o Maringá FC, foi a temporada da volta à elite do futebol estadual. Com o título da Divisão de Acesso, o time garantia vaga na primeira divisão de 2018. Comandado por Fernando Marchiori, um dos maiores treinadores que passaram pelo Tricolor, a equipe tinha na lateral esquerda um jovem promissor: vindo de Fátima do Sul, no MS, Júnior Prego se destacava no apoio ao ataque e distribuía assistências.

Além do protagonismo no título da segundona, Prego seria também um dos principais jogadores da conquista da Taça FPF sub-23. Para 2018, o lateral despontava como uma grande esperança. 

Despontava. Dias antes da estreia do time no Paranaense, diante do Athletico, na Baixada, Prego sofreu duas lesões graves nos joelhos, sendo obrigado a parar por uma temporada inteira. Na volta, este ano, o jovem não rendeu e foi duramente criticado. A moral do atleta, em Maringá, está mais baixa do que nunca. A esperança, então, é recuperar a confiança sendo comandado por um professor que o lançou na Cidade Canção.

Nesta terça (27), Prego se apresentou ao Água Santa, da região metropolitana de São Paulo, time treinado por: Fernando Marchiori. Após levar o Santo André de volta à elite do estado, o ex-comandante do Maringá agora comanda o time "paulistano" na Copa Paulista, competição na qual Prego deve estrear em breve. Para o técnico, as lesões ainda atrapalham Prego.
 
"Falta ele recuperar a infelicidade que ele teve, da lesão. Agora já passou um bom período, já voltou a jogar. É normal ter essa oscilação que ele teve. Muitos meses parado, até conseguir readquirir confiança, transição... tudo isso é um processo normal", afirmou Marchiori.


"Estamos muito felizes com a chegada dele aqui. Tenho certeza que ele vai recuperar o seu futebol, seja aqui ou volltando aí (pra Maringá). É questão de tempo, por todo o processo que ele passou. Essa ida dele pro Almirante foi boa, agora aqui pro Água Santa, também. Agora, esperamos colaborar. Jogar futebol ele sabe, trabalhador ele é, bom menino ele é. Tem tudo pra retomar o seu bom futebol", completou o comandante.

Prego vem de um acesso com título em Santa Catarina, pelo Almirante Barroso. Como estava de férias, ainda não se estipula uma data de estreia. 

 
Link
Notícias Relacionadas »