30/12/2019 às 07h53min - Atualizada em 30/12/2019 às 07h53min

Traficante dirigia carro a 160 km por hora, quando atropelou mãe e matou filhos em Casa Verde, distrito de Nova Andradina

Jornal da Nova
Veículo estava carregado com 160 quilos de maconha / Imagens: Jornal da Nova

O traficante José Humberto Júnior, de 25 anos, natural do Estado da Bahia, foi preso em flagrante por tráfico de drogas, vai responder por duplo homicídio doloso pelas vítimas em óbito, lesão corporal que causou na professora Simone Silva e dirigir sem habilitação, pois não tem CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Ele estava em fuga da PRF (Polícia Rodoviária Federal), quando atingiu as vítimas no canteiro da rotatória da BR-267 com a rodovia MS-134, em Nova Casa Verde, distrito a 56 km de Nova Andradina.

Conforme o delegado de plantão, Caio Leonardo Bicalho Martins, titular da Delegacia de Taquarussu, o carro conduzido pelo acusado possui placas adulteradas da Bahia e está com restrições de roubo/furto. “Ele fugiu dos policiais da PRF depois de furar bloqueio durante uma abordagem de rotina na BR-267, dentro havia 160 quilos de maconha”, disse.

Ainda conforme do delegado, o suspeito contou durante depoimento que estaria dirigindo a 160 km por hora durante a tentativa de fuga. Ele perdeu controle do veículo, passou por cima da rotatória e atingiu Simone Silva e os filhos Higor Silva Barbosa, de 11 anos e Heloá Glésia Gonçalves Nascimento, de 20 anos.

Os filhos morreram na hora, Simone foi encaminhada ao Hospital Regional por uma equipe do Corpo de Bombeiros e deve passar por cirurgia nos próximos dias, fraturou as pernas e teve ferimentos na cabeça.

Sem antecedentes criminais registrados no Estado, o traficante recebeu adiantado R$ 4 mil para levar a droga de uma cidade próxima a Dourados até ao Estado baiano, depois retornaria para São Paulo, onde atualmente reside e receberia o restante do dinheiro do transporte.

Link
Notícias Relacionadas »