13/01/2020 às 10h54min - Atualizada em 13/01/2020 às 10h54min

Briga familiar acaba com um morto a golpes de faca e marreta em Corumbá

Um homem de 43 anos foi morto a golpes de faca e ferimento na cabeça, na noite de sábado (11), na rua Edu Rocha, entre os bairros Guarani e Nova Corumbá, parte alta da cidade, após uma briga familiar.

O registro policial informa que tio e sobrinho bebiam juntos quando o mais velho disse que o rapaz era “puxa saco” de outro indivíduo. Os dois acabaram entrando em luta corporal, mas foram separados por familiares. O sobrinho saiu do local e contou ao pai, que mora ao lado, o que havia acontecido. Ambos voltaram à residência e agrediram o homem que tinha chamado o sobrinho de “puxa saco”.

Novamente, parentes separaram o trio e deixaram o agredido em um quarto. Neste momento, ele ligou para o irmão e pediu ajuda. O homem foi até o local e, de acordo com testemunhas, entrou em luta corporal com os dois agressores do irmão. Na confusão, a vítima, identificada no boletim de ocorrência (237/2020) como Jeferson Alves de Moraes, foi esfaqueada e levou um golpe na cabeça, provavelmente de uma marreta.

Ele foi socorrido pela família do irmão e levado à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Guatós, mas não resistiu aos ferimentos. A equipe plantonista que o atendeu, informou à guarnição da Polícia Militar, que a vítima sofreu traumatismo encefálico, tinha perfurações no tórax, abdômen e na mão direita.

A PM foi até a casa onde a confusão aconteceu. Vizinhos relataram que ouviram gritos e ao saírem, viram o corpo de Jeferson no chão. Os pm’s também constataram que o veículo usado para socorrer a vítima havia sido lavado. Eles ainda encontraram a marreta que teria sido usada no crime. Os suspeitos não foram localizados.

O caso foi registrado como homicídio qualificado por motivo fútil na 1ª Delegacia de Polícia Civil, que vai seguir com as investigações. 

Link
Notícias Relacionadas »