19/02/2020 às 09h10min - Atualizada em 19/02/2020 às 09h10min

Morto por policial em padaria de Dourados cumpria pena por homicídio em Cristalina, distrito de Caarapó

Vítima também possuía passagem por violência doméstica.

Dourados News
Homicídio ocorreu em uma panificadora localizada no Jardim Água Boa - Crédito: Osvaldo Duarte/Dourados News

Edson Pereira dos Santos, 37, cumpria pena no regime aberto por homicídio ocorrido no ano de 2017, em Cristalina, distrito de Caarapó, e também possuía passagem por violência doméstica. 

Ele foi morto na tarde de terça-feira (18/2) em uma panificadora localizada no Jardim Água Boa, em Dourados, após ameaçar com um facão, o filho de um policial civil aposentado. O fato ocorreu no cruzamento das ruas Rio Brilhante e Araguaia. 

O rapaz acabou atingido por três disparos – perna, tórax e barriga -, não resistiu aos ferimentos e teve o óbito constatado dentro do estabelecimento comercial por equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). 

Segundo depoimento do autor dos tiros, o filho estava num posto quando Edson chegou e desceu do carro descontrolado e o ameaçou com o facão. Populares acionaram a Polícia Militar para relatar o fato. Logo depois, a discussão dispersou.  

O jovem ameaçado ligou para o pai e ambos saíram do local, quando passaram em frente a panificadora e avistaram o carro de Edson.

No comércio, ambos desceram e a vítima dos disparos tentou novamente investir contra o rival, levando o policial a atirar.

Após o fato, o autor procurou a delegacia para relatar o caso, registrado como homicídio simples. 

Link
Notícias Relacionadas »