04/05/2020 às 20h30min - Atualizada em 04/05/2020 às 20h30min

Ator Flávio Migliaccio encontrado morto teria deixado carta de despedida: ‘humanidade não deu certo’

"Tio Maneco" também lamentou a situação do país

O ator Flávio Migliaccio, encontrado morto no sítio da família nesta segunda-feira (4), deixou uma carta de despedida divulgada pela coluna do jornalista Ancelmo Gois do Globo. O artista escreve em tom de desabafo e afirma que a humanidade não deu certo e lamenta a situação do país.

“Me desculpem, mas não deu mais. A velhice neste país é o caos como tudo aqui. A humanidade não deu certo. Eu tive a impressão que foram 85 anos jogados fora.. num país como este. E com esse tipo de gente que acabei encontrando. Cuidem das crianças de hoje”, escreveu.

O corpo  foi encontrado pelo caseiro, Nelson Soares da Silva, no quarto do ator, na manhã desta segunda-feira. Seu último trabalho na TV foi em 2019, em ‘Órfãos da Terra’, onde ele fazia o Mamede Aud. Flávio é muito conhecido pelo seu papel de Xerife na série de TV brasileira ‘Shazan, Xerife e Cia’, e pelo papel de Tio Maneco, na série exibida pela TVE. Na Rede Globo pôde ser visto com grande destaque nas novelas ‘Rainha da Sucata’, ‘Perigosas Peruas’, ‘A Próxima Vítima’, ‘Senhora do Destino’ e ‘Passione’, entre muitas outras.

Link
Notícias Relacionadas »