12/10/2020 às 08h44min - Atualizada em 12/10/2020 às 08h44min

Em Fátima do Sul, juiz manda excluir PP da coligação com MDB

O juiz Vitor Dias Zampieri, da 4ª Zona Eleitoral de Fátima do Sul, determinou a exclusão do PP da coligação “Ouvindo Nossa Gente”

- MÍDIA MAX

O juiz Vitor Dias Zampieri, da 4ª Zona Eleitoral de Fátima do Sul, determinou a exclusão do PP da coligação “Ouvindo Nossa Gente” (MDB, PODE, PT e DEM), do candidato emedebista à prefeitura Dirceu Deguti. A sentença foi publicada no Mural Eletrônico do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul).

Conforme a publicação, o MPE (Ministério Público Eleitoral) se manifestou contra o registro da aliança sustentando que os presidentes das Mesas Diretoras das convenções do PT, do PP e do Podemos não são filiados aos respectivos partidos.

Em sua decisão, o magistrado destacou que o Cartório Eleitoral confirmou a filiação do representante do Podemos. Por outro lado, Zampieri apontou que o subscritor do PP se juntou ao Cidadania em 2016 e não há outro pedido de filiação ao Progressistas.No caso do PT, o juiz analisou os dados coletados e constatou que o representante é filiado desde 1993, não estando em outra legenda desde então, além dele ser presidente municipal desde o ano passado.

Assim, o magistrado não reconheceu a filiação do subscritor do PP e determinou que a coligação exclua o partido. Sem o Progressistas, o registro da aliança foi deferido.

 

Link
Notícias Relacionadas »