08/06/2021 às 14h31min - Atualizada em 08/06/2021 às 14h31min

Morre 2º pessoa transferida de MS por falta de UTI

Segunda morte foi confirmada hoje, pelo secretário de saúde do Estado, Geraldo Resende, vítima estava em SP

- Campo Grande News
Última transferência de pacientes aconteceu na tarde de ontem para hospitais de São Paulo. (Foto: Divulgação/Governo do Estado)

Morreu mais um paciente que foi transferido de Mato Grosso do Sul por conta da falta de vagas em UTI no Estado. Esta é a segunda morte desde ontem. A informação foi confirmada pelo secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende.

O paciente é Antônio de Souza Ferreira, o Toninho do Pesqueiro Sebastião, morador de Maracaju, de 53 anos. Ele estava internado no Hospital Geral Vila Penteado, depois de ser transferido junto com outros quatro pacientes no domingo (6).

A primeira morte foi da paciente Nice Menani, que vivia em Dourados e foi levada para Rondônia. O estado ainda está organizando os trâmites para o translado do corpo da mulher de 52 anos e agora começa a providenciar também o transporte da vítima de Maracaju.

Até o momento foram 16 pacientes transferidos para outros estados. A última viagem de transporte foi nessa segunda-feira (7), quando mais duas pessoas foram levadas para o Estado de São Paulo. Outras 3 também deveriam embarcar, mas não tiveram condições clínicas de viajar.

Para o Estado de Rondônia foram levados nove pacientes, sete deles saíram de Dourados, um de Bonito e outro de Itaquiraí. No domingo, dos cinco pacientes transferidos para São Paulo, dois eram de Campo Grande e três de Maracaju. E ontem, foram mais duas pessoas que estavam internadas em São Gabriel do Oeste, levadas também para São Paulo.


Link
Notícias Relacionadas »
Fátima em Dia Publicidade 1200x90