08/11/2021 às 09h16min - Atualizada em 08/11/2021 às 09h16min

Chapa Um Novo Tempo para a OAB/MS realiza evento para advogadas

Rachel Magrini, que tem mulheres disputando vagas de destaque em sua chapa, promove evento para advogadas

- DA REDAÇÃO
A Chapa Um Novo Tempo para a OAB/MS irá realizar na tarde desta segunda-feira, dia 08 de novembro, evento para as mulheres advogadas. Durante a reunião, serão apresentadas as propostas da chapa, bem como o fortalecimento da advocacia do Mato Grosso do Sul com a participação feminina. “Somos fortes e atuantes e temos a coragem para promover a mudança que a advocacia necessita. Com uma gestão transparente e participativa em todos os segmentos, vamos construir uma OAB/MS que realmente represente a advocacia”, defendeu a candidata à presidência da Seccional. Rachel Magrini.              
Em 42 anos, a única mulher a presidir a OAB/MS foi Elenice Pereira Carille, que fez história e participou ativamente de diversos movimentos sociais. São quase 30 anos da sua gestão, e desde então, nenhuma outra mulher presidiu a instituição, que é considerada referência para a sociedade e um dos pilares da democracia.
A Chapa “Um Novo Tempo para a OAB/MS”, de Rachel Magrini, contempla não somente todos os setores da advocacia e regiões do Estado, mas também mostra o protagonismo feminino nestas eleições. Mulheres disputando a presidência, como titular no Conselho Federal, vice-presidência da Caixa de Assistência dos Advogados (CAA/MS) e no Conselho Seccional, ocupando lugares de destaque.
Na última atualização do Conselho Federal da OAB, o número de advogadas era de 610.369 e de advogados 610.207. A Ordem confirmou que é a primeira vez na história que as mulheres representam a maioria dos profissionais da advocacia brasileira. No Mato Grosso do Sul, as mulheres advogadas também são maioria, representando 52% dos profissionais. “Todas as colegas estão convidadas para participar deste momento de construção e mudança na advocacia do nosso Estado”, convida Rachel.
 
PROPOSTAS – As propostas para as mulheres advogadas contemplam as necessidades relatadas pelas profissionais no exercício da profissão.
               Serão criados espaços específicos para as advogadas lactantes e às crianças (espaço kids) nos ambientes forenses, exigidas a fiscalização e o cumprimento da Lei 13.363/2016, que dispõe sobre os direitos e garantias para a advogada gestante, lactante, adotante ou que der à luz, interlocução para celebrar convênios com creches e escolas, onde as mulheres advogadas possam deixar seus filhos enquanto exercem suas atividades profissionais, será elaborado um manual/cartilha de orientação que envolvam os principais temas relacionados aos direitos das mulheres e à igualdade de gênero, criação de rede online de proteção à mulher, e estimulada a carreira feminina nos grandes escritórios, visando eliminar as barreiras de ascensão na sociedade. “As mulheres são protagonistas, representamos o maior número de profissionais no País, e temos que exercer esse protagonismo, para que possamos ter uma advocacia forte e que represente os anseios de todos. Chegou a hora de mudar este cenário, e com coragem, vontade e ações, vamos voltar a ser o farol da sociedade”, declarou Rachel Magrini.
 
SERVIÇO – O encontro “Mulheres protagonistas na OAB/MS” será realizado no comitê, localizado na Rua da Paz, 1200, com início às 18 horas. 

 
Link
Notícias Relacionadas »