26/05/2022 às 07h55min - Atualizada em 26/05/2022 às 07h55min

Irmão confessa ter assassinado gestante e bebê em Caarapó

Segundo o autor, de 27 anos, ele acreditava que a arma estava sem balas

Angel Luama, de 28 anos, em foto postada em rede social. (Foto: Facebook) - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS
O irmão de Angel Luma Pinto Silveira, de 28 anos, foi preso na tarde desta quarta-feira (25) após confessar ter atirado na cabeça da própria irmã. Grávida de cinco meses, ela e o bebê morreram. O crime aconteceu na cidade de Caarapó.

A primeira informação repassada era de que o rapaz, Alisson Luan Pinto Silveira, de 27 anos, e a vítima estavam na frente de uma residência na Rua Minas Gerais, esquina com a Travessa Noroeste, quando foram surpreendidos por um desconhecido, que efetuou vários disparos e fugiu.

Mas de acordo com as investigações da Polícia Civil, a vítima e o autor estavam em um estabelecimento comercial ingerindo bebidas alcoólicas, quando por volta de 00h de segunda-feira (23) saíram do local caminhando. Durante o trajeto, após uma discussão, o irmão sacou um revólver que portava na cintura, matou Angel e o bebê que a irmã esperava.

Após o tiro, o autor fugiu do local antes da chegada da equipe socorrista e da Polícia Militar.

Depois de ter certeza  que não estava em situação de flagrante, ele se apresentou na Delegacia de Polícia, onde ainda tentou manter a história de que o crime teria sido cometido por uma terceira pessoa.

Mas o rapaz acabou confessando ter apontado a arma em direção da cabeça de Angel e apertado o gatilho, segundo o autor ele acreditava que a arma estava sem bala.

Angel Luama foi atingida na cabeça e chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros, que a levou para o Hospital São Matheus. A mulher não resistiu e morreu.

A arma usada no crime, um revólver calibre .38, foi apreendido e de acordo com a polícia estava municiado com apenas uma cápsula deflagrada.

Link
Notícias Relacionadas »
Fátima em Dia Publicidade 1200x90