28/06/2022 às 08h43min - Atualizada em 28/06/2022 às 08h43min

Suspeita de fraude em benefícios do auxílio emergencial é alvo de operação da PF de Dourados

Policiais federais de Dourados cumprem mandado de busca e apreensão em Ivinhema dentro da Operação “Contritio Fiduciae”, visando desarticular esquema de corrupção realizado por parte de uma funcionária terceirizada da CEF (Caixa Econômica Federal).

Ela é suspeita de se apropriar de senha de servidor do banco para fraudar benefícios do auxílio emergencial pagos pela União. 

 
 
 
 
 

Em posse dos dados, a mulher realizou dezenas de inserções e alterações referentes ao programa, criado desde o início da pandemia do coronavírus. 

“As apurações demonstraram que a investigada gerou dezenas de benefícios fraudulentos, em benefício próprio e de terceiros que também participavam do esquema, resultando prejuízos a União Federal em montante total que ainda está sob apuração”, diz as explicações da PF. 

O nome da ação, “Contritio Fiduciae”, ocorre em alusão à quebra de confiança pela investigada, se utilizando de senha de servidor público para invadir a área restrita da CEF e modificar os dados. 

A investigada pode responder pelos crimes de peculato, modificação ou alteração não autorizada de sistema de informações, além de estelionato.
Link
Notícias Relacionadas »