05/10/2022 às 07h26min - Atualizada em 05/10/2022 às 07h26min

Psicólogo acusado de estupro 'se cala' em depoimento na DAM de Fátima do Sul e denúncias contra ele já chegam a 13

Homem foi preso em 13 de setembro - Crédito: Osvaldo Duarte/Dourados News

Nesta segunda-feira (3), o psicólogo Jorge Zacarias, 63 anos, compareceu à Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM), de Fátima do Sul, para ser interrogado. Ele foi preso no dia 13 de setembro, no Bairro Jardim Maracanã, acusado de estuprar uma paciente menor de idade.

De acordo com informações policiais, o indivíduo que está detido compareceu a DAM acompanhado do advogado e fez o uso do direito constitucional de permanecer em silêncio.

Após a prisão de Jorge Zacarias, treze vítimas já registraram ocorrências contra ele, tanto em Fátima do Sul, quanto em Dourados, onde ele atuava em consultório na região central.

As mulheres estavam na condição de pacientes do acusado no momento em que teriam acontecido os abusos. 

Discriminação

Em 14 de setembro, a delegada titular da DAM de Fátima do Sul, Gabriela Venoni, relatou que um novo fato teria sido acrescentado ao caso, sendo registrado um boletim de ocorrência por crime de injuria racial, no sentido da discriminação por atos LGBTFóbicos contra outro paciente.

À polícia, a vítima relatou que procurou o psicólogo para tratamento de depressão, mas tinha a sua orientação sexual questionada durante as consultas. Ela também afirmou que o profissional praticava injúrias contra ela. 
Link
Notícias Relacionadas »
Fátima em Dia Publicidade 1200x90