18/10/2022 às 10h44min - Atualizada em 18/10/2022 às 10h44min

Idosa com problemas mentais é estuprada em Deodápolis

Um homem de 32 anos de idade foi preso acusado de ter estuprado uma mulher de 65 anos de idade no distrito de Porto Vilma

Um homem de 32 anos de idade foi preso acusado de ter estuprado uma mulher de 65 anos de idade no distrito de Porto Vilma em Deodápolis. Segundo informações obtidas pelo IMPACTONEWS, a Policia Civil recebeu uma denúncia de estupro e de imediato foi até o local.

Lá, uma testemunha afirmou que conhece e acompanha a vitima que é sua paciente psiquiátrica no posto de saúde do distrito. Naquele dia a mulher passou por uma consulta. A testemunha disse aos policiais que a idosa chegou no local relatando estar com fortes dores e ao ser indagada a mesma disse que havia sido vitima de abuso sexual na madrugada.

Ao examinar a paciente, foi constatado que a mesma possuía lesões em suas partes intimas bem como hematomas pelo corpo. A vitima contou que em sua casa havia uma peça de roupa intima suja de sangue bem como um pano que teria sido usado para limpar a mulher após o abuso.

A vitima, uma idosa de 65 anos de idade, disse que conhece o autor do estupro. O homem, de 32 anos de idade, foi localizado pelos policiais em sua residência. Segundo relato da vitima o autor foi até a sua casa durante a madrugada e chamou por ela que por sua vez pediu que o mesmo se retirasse, porém o mesmo se recusou e adentrou no imóvel onde praticou o estupro.

Ao ser preso, o auto inicialmente sustentou que o ato sexual foi praticado de maneira consensual e que a vitima teria pedido que ele transasse com ela. Porém, na delegacia, o auto acabou admitindo que o sexo foi forçado e sem o consentimento da mulher. Diante da confissão do autor, bem como da declaração da vitima e do depoimento da testemunha e demais indícios, foi lavrado o flagrante pelo Dr. Anderson Farias, Delegado de Policia.

Os materiais colhidos na casa da vitima e que estavam sujos de sangue foram encaminhados para a pericia. A vitima foi encaminhado até o IMOL para a realização de exame de corpo de delito. Já o autor passou pela audiência de custódia na tarde desta sexta, ocasião em que a Juíza decretou a prisão preventiva do acusado. A policia agora aguarda o resultado dos laudos para finalizar o procedimento e encaminhar ao MPE para as demais providências.

Em nota a Delpol destacou ainda a importância em se denunciar qualquer tipo de violência praticada contra a mulher tendo em vista que, somente assim, será possível evitar que outras mulheres sejam vitimas destes tipos de violência. "A Policia Civil de Deodápolis conta com um espaço próprio pata que as mulheres, vitimas de violência doméstica ou outros crimes, sejam atendidas. As forças de segurança de Deodápolis trabalham de maneira incessante para coibir estes crimes e a nossa sociedade pode contribuir!" destacou o Delegado na nota enviada ao portal.


Link
Notícias Relacionadas »
Fátima em Dia Publicidade 1200x90