20/10/2022 às 12h37min - Atualizada em 20/10/2022 às 12h37min

Identificada a mulher que usava perfil falso no Facebook para ofender moradores de Vicentina

Se condenada, E.A.O pode ser condenada em mais de 10 anos de prisão.

- FÁTIMA EM DIA

Após investigações do Setor de Investigações da Delegacia de Vicentina e do Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional de Fátima do Sul, foi possível identificar a autora por trás dos perfis da rede social Facebook Vila Rica da Zoeira e Vila Zoeira, identificando uma mulher de 44 anos, que utilizava o seu aparelho celular ligado às referidas contas para propagar conteúdos que difamavam e injuriavam moradores do município de Vicentina.

A investigação foi encaminhada para o Poder Judiciário de Fátima do Sul. Se condenada, E.A.O pode ser condenada em mais de 10 anos de prisão.

O Delegado de Polícia Bruno Carlos, responsável pelo caso, enfatizou que muitas vítimas do perfil Vila Rica da Zoeira procuraram a Delegacia alegando que as ofensas estavam gerando desavenças nos relacionamentos e que estavam sendo alvo de chacota na comunidade.

“É preciso que os usuários entendam que a internet e a rede social não é terra sem lei, pois o que ocorre no mundo virtual deixa rastro e todas as Unidades Policiais da Regional de Fátima do Sul dispõem da capacitação necessária para identificar e responsabilizar os proprietários de perfis que praticarem crimes, e as punições para ofensas propagadas pelas redes sociais sofreram um considerável aumento de pena”.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Fátima em Dia Publicidade 1200x90