11/10/2023 às 07h01min - Atualizada em 11/10/2023 às 07h01min

Golpistas se passam pelo vicentinense Alex Cruz dirigente do Ivinhema e cobram 'taxas' de atletas

A equipe está classificada para o Sul-Mato-Grossense Série A e Copa São Paulo de Futebol Júnior 2024

- Campo Grande News
Golpistas tentaram usar o nome do diretor do Ivinhema Futebol Clube, Alex Cruz, para oferecer falsa oportunidade no clube. O clube informou a ocorrência pelas redes sociais. A vaga tinha como vítimas empresários e jogadores que visavam disputar o Campeonato Sul-Mato-Grossense e a Copa São Paulo de Futebol Júnior (Copinha) 2024.

Os suspeitos estavam utilizando um telefone com DDD da Bahia. Eles pediam o envio de documentação dos atletas e pagamento de um valor para serem integrados ao elenco do time da cidade distante a 289 km de Campo Grande.

Eles também pediam vídeos para os atletas com o objetivo de avaliá-los. Após demonstrar interesse, as vítimas recebiam nova mensagem explicando que seriam oferecidos alimentação, pousada, passagem, academia, suplementos e contrato até maio de 2024.

Porém, aí vinha o pedido de dinheiro. "Aí tem a questão de estar arcando com a transferência de Estado e caso tenha interesse, mandando a documentação e acertando as taxas da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul)".

Após o pagamento e envio dos documentos, o suposto dirigente bloqueava o contato e sumia. Em nota, o clube afirmou que não faz negociações deste tipo e que não negocia valores ou multas por meio de mensagens no Whatsapp. O diretor Alex alegou que ficou sabendo recentemente do caso e solicitou que a nota fosse publicada.

O dirigente destacou que o Ivinhema trabalha de forma honesta. Vale destacar que o time do Vale tem o Estadual de 2024 Série A e a Copinha por disputar na próxima temporada.

Link
Notícias Relacionadas »
Fátima em Dia Publicidade 1200x90