06/01/2015 às 15h42min - Atualizada em 22/05/2015 às 14h56min

Adolescentes e rapaz mataram homem para roubar veículo e vendê-lo no Paraguai

Dois adolescentes e um rapaz de 20 anos confessaram ter asfixiado proprietário do carro

correio do estado


O caso foi esclarecido depois que a polícia encontrou o veículo abandonado, com dois pneus furados, em uma estrada vicinal de acesso ao Paraguai.A polícia prendeu três jovens, dois deles menores de idade, acusados de matarem um homem de 31 anos para roubar um veículo Sandero – que seria levado ao Paraguai, provavelmente para ser trocado por drogas. O caso aconteceu na madrugada desta terça-feira (06), em Mundo Novo (MS), fronteira com o país vizinho e distante cerca de 460 km da Capital. O trio também foi acusado por tráfico de drogas.

Os policiais checaram a placa e foram até o endereço do proprietário, Márcio José Lopes de Souza, 31, onde a mãe informou que não via o filho nem o carro desde a noite de segunda-feira.

O Setor de Investigação Geral (SIG) da Polícia Civil iniciou as investigações e obteve a informação de um adolescente de 16 anos que estaria envolvido. Na residência do menor, ele confessou o crime e delatou os comparsas. Na casa dele, a polícia encontrou também 57 “pedras” de crack embaladas e prontas para comercialização.

Crime

O trio combinou o latrocínio e dominou a vítima, que implorou para não morrer, dizendo “Pelo amor de Deus, não me matem”, apesar disso, ele recebeu uma “gravata”, e foi asfixiado com o cinto de um dos menores. Em seguida, o corpo foi colocado no banco traseiro do automóvel e levado até um “travessão” do Assentamento Pedro Ramalho, onde o corpo foi “desovado”.

O plano de atravessar o carro para a fronteira, onde seria comercializado, falhou quando os pneus do veículo furaram.

Sérgio Patrick Santana, 20, e seus dois comparsas foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Mundo Novo.

Com informações do repórter César Galeano.


Link
Notícias Relacionadas »