10/06/2015 às 11h38min - Atualizada em 10/06/2015 às 11h38min

Homem é esfaqueado até a morte em favela

Testemunhas informam que suspeitos teriam saído recentemente da penitenciária

Bruna Martins - Diário Digital
Foto Victor Chileno

Uma noite sangrenta marcou a favela Cidade de Deus na noite desta terça-feira (9). A polícia Militar foi acionada para atender um homicídio no local. Um homem de 47 anos foi morto a facadas e 3 pessoas são suspeitas. Agnaldo João Schellemberg, foi esfaqueado na noite de ontem. A principal suspeita é sua ex-companheira Milena. De acordo com o boletim de ocorrência, os dois mantinham um relacionamento e após o término Agnaldo teria se mudado da cidade.  O homem voltou em algumas semanas e estaria tentando uma reconciliação com a suspeita.

Agnaldo não conformado com o fim da relação, foi até a casa de Milena e ameaçou botar fogo na residência. O casal discutiu, quando Milena e mais um casal perseguiram a vítima e a esfaquearam.  Os moradores ainda não sabem responder a respeito do crime, para muitos, o motivo seria que uma das mulheres queria dinheiro e Agnaldo se negou a dar.

As suspeitas são bem conhecidas por provocarem brigas e confusão na região. Uma delas teria acabado de sair da cadeia. No local foram encontradas uma faca de cabo de madeira e uma porção de erva, na forma de trouxinha, possivelmente maconha. O Corpo de Bombeiros Militar foi acionado, mas Agnaldo não resistiu e morreu no local.

Os suspeitos fugiram e o caso foi registrado como homicídio simples na Delegacia de Pronto Atendimento (Depac) do bairro Piratininga. A Polícia Civil continua com as investigações.


Link
Notícias Relacionadas »