21/02/2017 às 17h15min - Atualizada em 21/02/2017 às 17h15min

Gabriela Pugliesi é denunciada por exercício ilegal da profissão

Por supostamente atuar ilegalmente como profissional de Educação Física.

- RD1

Gabriela Pugliesi, 30 anos, pode ter sérias dores de cabeça nos próximos meses. O Conselho Regional de Educação Física do Rio de Janeiro e do Espírito Santo (CREF1) a denunciou ao Ministério Público por supostamente atuar ilegalmente como profissional de Educação Física.

O CREF1 diz que recebeu diversas reclamações de que Pugliesi, que atua profissionalmente como blogueira, estava “prescrevendo exercícios físicos para um grupo de pessoas num evento promovido pela empresa Unilever”.

O órgão enviou vídeos recebidos pelo departamento de fiscalização que mostrariam a acusada ministrando aulas de ginástica na Praia da Barra, na altura do Posto 3.

“O CREF1 informa ainda que os profissionais de Educação Física envolvidos no caso serão chamados ao Tribunal de Ética para esclarecimentos quanto à conduta, passíveis das penas previstas no Código de Ética”, diz a nota divulgada pelo conselho.

Gabriela e a Unilever Brasil negam as acusações. O exercício ilegal da profissão é considerado uma contravenção pena.


Link
Notícias Relacionadas »
Fátima em Dia Publicidade 1200x90