02/05/2017 às 08h20min - Atualizada em 02/05/2017 às 08h20min

PMA surpreende pescadores pescando em local proibido nas imediações do Parque do Ivinhema

Policiais Militares Ambientais de Batayporã realizavam fiscalização fluvial no rio Curutuba, no entrono do Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema (local proibido para a pesca), no município de Nova Andradina e prenderam ontem (29) à tarde, um pescador paulista praticando pesca predatória. O infrator estava com outro pescador pescando na área interditada para a pesca (entorno do Parque) e, quando eles avistaram a fiscalização, fugiram pela mata, abandonando os petrechos de pesca. No local foram apreendidos uma caixa com material de pesca, um molinete e uma carretilha com varas.

O infrator, de 53 anos, residente em Birigui (SP) foi alcançado, recebeu voz de prisão e foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina, onde foi autuado em flagrante por crime ambiental de pesca predatória. Ele também foi autuado administrativamente e multado em R$ 700,00.

Durante a fiscalização, a PMA ainda retirou do rio três redes de pesca, 37 anzóis de galho e dois espinheis com 15 anzóis cada um, além de duas redes de pesca (petrechos proibidos). Alguns peixes que estavam presos aos petrechos foram soltos no rio.

 


Link
Notícias Relacionadas »