30/05/2017 às 10h41min - Atualizada em 30/05/2017 às 10h41min

Corregedoria afasta policial preso em estrada transportando cocaína

Droga estava escondida em fundo falso de painél de policial civil agora afastado de suas funções (Foto: Divulgação/PRF)

A Corregedoria da Polícia Civil afastou compulsoriamente de suas funções o investigador Jonas Ricardo Silva da Cruz, 31 anos, preso no último dia 20 transportando 45 quilos de cocaína na altura do km 141 da BR-262, em Água Clara (a 198 km de Campo Grande).

A decisão foi anunciada na última segunda-feira (29), através do Diário Oficial do Estado, após a Justiça converter a prisão do policial em flagrante para preventiva por 30 dias.

Cruz está detido na carceragem específica para policiais civis, no Jardim Noroeste, região leste da Capital, desde o ocorrido. Antes, trabalhava na cidade de Amambaí (a 360 km de Campo Grande).
Segundo o Campo Grande News apurou, com o afastamento compulsório, a Corregedoria deverá entrar com o pedido de eliminação do policial dos quadros do órgão.

Investigador desde 2014 e antes integrante da Polícia Militar, Cruz foi flagrado no dia de seu aniversário, em operação da PRF (Polícia Rodoviária Federal). Ele nunca respondeu a uma acusação formal de crime até então no seu período como agente de segurança do Estado.

O policial acabou flagrado por detalhes que chamaram a atenção dos agentes na Kia Sportage branca que dirigia: para-choque e painel frontal haviam sido adulterados.

A droga estava escondida em um fundo falso do porta-luvas. Cruz foi levado à delegacia da cidade e ainda seguia sendo interrogado até a conclusão da reportagem. Nas poucas informações que forneceu, confessou que a cocaína seria destinada a cidades do interior paulista.


Link
Notícias Relacionadas »