28/08/2017 às 09h55min - Atualizada em 28/08/2017 às 09h55min

Gusttavo Lima canta por 4h, vê o sol raiar e faz churrasco no palco

Em noite de ingressos esgotados, embaixador fez show cheio de sucessos e surpresas

- G1
Foto: Mateus Rigola/G1

Ele prometeu e cumpriu. O cantor Gusttavo Lima, embaixador da 62ª Festa do Peão de Barretos, fez história na Arena na madrugada deste domingo (27) ao amanhecer no palco pelo segundo ano consecutivo e conquistar o público, que se manteve fiel ao ídolo sertanejo, do início ao fim. O show produzido especialmente para a festa durou mais de quatro horas e teve até churrasco, um feito inusitado e inédito para um artista no espaço mais nobre do Parque do Peão.

Abriu a apresentação com “Que Pena que Acabou”, hit do DVD 50/50. Visivelmente emocionado com o carinho dos fãs que lotaram cada espaço da Arena, Gusttavo Lima deu o recado.

“Hoje vai ser um dia inesquecível na vida de vocês e na minha também. Todo mundo está aqui pra fazer história e se não for pra isso nem me chama que eu não vou vir. Quem vai ficar até 7h da manhã faz barulho. Esse palco é abençoado”, disse.

Antes de subir ao palco às 4h, Gusttavo Lima falou ao G1 sobre a expectativa para a grande noite. Ao lado do pai, grande incentivador da carreira, e da mulher, ele falou sobre a importância de compartilhar esse momento com a família e do título de embaixador, que considera uma consagração.

“A gente veio comentando isso no avião, chegando aqui agora. Nossa dificuldade no começo da vida da família. Hoje, ter minha família aqui comigo e toda a minha equipe é uma data muito importante. Está sendo inesquecível para mim e espero que seja especial para todas as pessoas que estão na arena. Se tudo der errado a partir de amanhã meio-dia, eu já estou realizado”, disse.

Um sucesso atrás do outro

O show seguiu com “Tá faltando Eu”, “Fui fiel”, “Jejum de amor”, “Vidinha de balada”, “Refém”.

O sertanejo fez um passeio por sucessos do início da carreira, da época em que se dedicava exclusivamente às composições românticas, em 2008. Cantou “60 segundos”, “Inventor dos Amores” e “Cabelo cor de Ouro”. “Eu espero que essa paixão com Barretos não acabe mais”, afirmou.

Fez uma versão emocionante de “Diz pra mim”, com casais dançando agarradinhos no chão da Arena e nas arquibancadas. Com “Homem de Família”, Gusttavo Lima fez o coral de milhares de vozes cantar alto e em bom tom. A letra que fala de um rapaz que vivia na balada, e que mudou de vida por causa de um amor, é uma das mais executadas nas rádios.

“A gente até pode virar homem de família, mas largar a cachaça não dá não. Tem que equilibrar”, brincou o sertanejo. Teve “Gatinha Assanhada”, “Balada Boa”, “Ressaca”, de Wesley Safadão.

Convidados

Padrinho de tantas duplas e cantores que buscam seu lugar ao sol, Gusttavo Lima recebeu Rick e Rangel, com “Pendrive de motel”, Gustavo Miotto, com “Impressionando os anjos”, Gilberto e Gilmar, com “Assino com x”.

Atento à movimentação dos fãs, puxou o pequeno Magno Neto, de 9 anos, para o palco. Morador de Morro Agudo (SP), o menino já tinha se encontrado com o ídolo no camarim, mas aproveitou para fazer mais uma foto. “Eu tenho um irmão que chama Gustavo por causa de você”, disse ao receber o carinho do cantor.

Carne na grelha

Às 6h, com o sol já chegando, Gusttavo Lima trouxe ao palco uma inédita churrasqueira. Sim, uma churrasqueira. A produção do cantor cuidou de montar o boteco no palco da Arena. O cantor apresentou o churrasqueiro Marcelo, de Uberaba (MG), que providenciou 70 quilos de carne para a festa.

Enquanto os convidados eram acomodados no boteco, emendou “Bebo Pa Carai”, “É Disso que o velho Gosta”, “Pão de Mel”. Também serviu carne aos fãs mais próximos ao palco.

“Quem está fazendo o show aqui são vocês. A gente faz as modas, mas vocês fazem a festa”, disse Gusttavo, ao som de gritos de “eu não vou embora”, vindos do público.

Com óculos de sol e chapéu, acompanhado de uma multidão, cantou "Nem Dormindo eu Consigo Te Esquecer", de Zezé Di Camargo e Luciano, "Por um Minuto", de Bruno e Marrone, "Desatino", de João Paulo e Daniel, "Telefone Mudo", do Trio Parada Dura, "Evidências", de Chitãozinho e Xororó.

Às 7h, Gusttavo Lima recebeu o pai, seu Alcino, e juntos cantaram o modão "Pedaço da Minha Vida", em um momento emocionante. "Pai, tem tanto tempo que o senhor não fica acordado até 7h da manhã? Uma salva de palmas pro meu pai, gente", disse o cantor.


Link
Notícias Relacionadas »