30/08/2017 às 08h19min - Atualizada em 30/08/2017 às 08h19min

Trabalhador é preso após aplicar golpe do falso sequestro no próprio patrão em MS

Dois colombianos e um brasileiro foram capturados em Corumbá

- Mídia Max
Acusados pediram 80 mil ao empregador Foto: Divulgação Polícia Civil

Um homem de 21 anos foi desmascarado após tentar aplicar o golpe do falso sequestro no próprio patrão em Corumbá. Equipes do Grupo Armado de Resgate e Repressão a Assaltos e Sequestros (GARRAS) em força-tarefa com o Setor de Investigações Gerais (SIG) prenderam em flagrante neste fim de semana o colombiano Cristhian Camilo Lopez Wilquin e seus comparsas Alexander Villa Escudero, de 32 anos, e Ivan Luiz Ribeiro, de 36 anos. 

Conforme a Polícia Civil, Alexander teria arquitetado o plano após perceber que o “chefe” de Cristhian tinha condições de pagar o resgate. Por ser colombiano, ele e o amigo precisaram do envolvimento de uma terceira pessoa para facilitar a negociação e não levantar suspeitas.

Os acusados registraram o “sumiço” de Cristhian no dia 24 de agosto e desde então 3 delegados e 8 policiais investigavam o sequestro. Através de mensagens de texto e ligações, o trio iniciou o pedido de resgate em 20 mil, aumento para 40 mil e finalizando em 80 mil.

O empregado registrou boletim de ocorrência na Delgacia de Polícia Civil onde informou que estava sendo ameaçado desde o último dia 15. De acordo com o registro, o suposto sequestrado afirmou que pessoas estranhas estavam exigindo dinheiro para que ele e o amigo, também colombiano, pudessem trabalhar na região.

No dia do “sequestro”, ele teria recebido uma mensagem pelo celular com fotos do seu documento seguido da frase: Agora vamos pegar você.

Presos em flagrante, o trio do falso sequestro confirmou a prática do crime e foram encaminhados para a Delegacia de Policia Civil acusados de extorsão e associação criminosa. 

 


Link
Notícias Relacionadas »