21/11/2017 às 15h05min - Atualizada em 21/11/2017 às 15h05min

Professor da UFMS é afastado após universitárias denunciarem assédio sexual

Ele foi afastado por 60 dias, acusado de assediar sexualmente alunas

- Mídia Max

Um professor da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), docente do curso de Medicina Veterinária e Zootecnia, no campus de Campo Grande, foi afastado de suas funções na instituição, acusado de assediar sexualmente alunas.

Os detalhes de como o professor supostamente assediava as estudantes não foram revelados, mas a universidade confirmou que há um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) para apurar as denúncias contra o professor. O processo de apuração corre em sigilo.

Puccinelli Junior, investigado na Lama Asfáltica, é da comissão disciplinar da UFMS que investigará o caso.

O docente está na instituição desde 2006, atuando na Famez (Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia). Ele foi afastado de suas atividades por 60 dias, sem prejuízo da remuneração.


Link
Notícias Relacionadas »
Fátima em Dia Publicidade 1200x90