09/09/2019 às 13h23min - Atualizada em 09/09/2019 às 13h23min

Irmãos de 5 e 12 anos realizavam sonho ao voar em ultraleve que caiu em Ivinhema

Um deles morreu no acidente e piloto morreu no hospital

A mãe dos meninos que se acidentaram no voo de ultraleve que acabou na morte de Igor Davi de 5 anos, em Ivinhema a 291 quilômetros de Campo Grande, disse que o sonho dos filhos era voar. O adolescente de 13 anos, Guilherme, está internado na Santa Casa da Capital em coma.

Os meninos haviam pedido para a mãe no domingo (8) ir até o parque de diversão já que tinham encontrado o vereador e ex-delegado Messias Furtado, que havia prometido para os irmãos que ia dar de presente um voo de ultraleve.

A mãe, uma brigadista, contou que os meninos foram para o passeio, “Deu tudo errado”, falou a mulher que ficou na cidade para acompanhar o velório de Igor, e o pai das crianças está em Campo Grande para acompanhar o adolescente que está internado em coma no hospital, segundo o site MS em Foco.

O garoto está com 90% do corpo queimado, sedado e entubado e seu estado de saúde é considerado grave. O vereador acabou morrendo na manhã desta segunda-feira (9).

A aeronave modelo ultraleve era pilotada pelo vereador e estava sobrevoando Ivinhema na companhia dos irmãos, quando por motivos ainda a serem apurados, caiu e pegou fogo. As causas da queda estão sedo investigadas.

Link
Notícias Relacionadas »