22/02/2020 às 06h21min - Atualizada em 22/02/2020 às 06h21min

Servente de pedreiro vai à escola e tenta mostrar órgão genital a mães de alunos

O boletim de ocorrência foi registrado como importunação sexual

Servente de pedreiro de 46 anos foi preso pela Polícia Militar, nesta quinta-feira (21), em Aquidauana, pelo crime de importunação sexual. O crime ocorreu na Escola Estadual Antonio Salústio Areias, localizada no bairro Alto. 

Segundo o site O Pantaneiro, o homem que aparentemente estava excitado, mostrava volume da calça para mães dos alunos que estavam no local.

A direção da unidade de ensino informou a PM sobre o ocorrido e disse que duas mulheres, de 33 e de 35 anos, haviam sido vítimas. Elas foram buscar os filhos, quando acabaram abordadas pelo homem, que se aproximou e pediu para que elas olhassem para o pulso dele. “Fui operado e sou aposentado”, teria dito o autor.

No entanto, ele colocava o pulso ao lado do órgão genital, para que as vítimas acabassem olhando para o volume sob a calça. 

Diante dos fatos, os policiais fizeram buscas nas imediações, mas encontraram o homem apenas na casa dele. Lá, ele foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, onde foi autuado.
Link
Notícias Relacionadas »