24/06/2021 às 06h45min - Atualizada em 24/06/2021 às 06h45min

Uma nova visão na Escola Estadual Vila Brasil de Fátima do Sul

Criar um novo ambiente, uma nova cultura, um novo modelo de gerenciar, não é algo tão simples. É necessário realizar uma densa pesquisa sobre o ambiente e as pessoas que interagem com o mesmo, e, verificar as relações de causa e efeito que acontecem nesse processo.

Quando se trata de um ambiente educacional, o processo se torna ainda mais delicado, pois é necessário criar situações que potencializem o ensino e a aprendizagem, e que sejam propícias a evolução contínua de todos os sujeitos envolvidos no processo.


Pensando nisso, em fomentar a qualidade da educação ofertada na Unidade Escolar, o jovem Gestor de 27 anos, Caíque Bento Casotti, tem trazido para a Vila Brasil, uma nova roupagem, tanto nos moldes de propor metodologias diferenciadas, quanto no sentido visual e organizacional.

Segundo o diretor: “Para que tenhamos um berço de excelência em nossa Unidade Escolar, se faz necessário que organizemos a casa! Quanto mais agradável aos nossos olhos, mais fácil se torna o processo evolutivo! Tudo que é bonito e bem organizado, potencializa as ações para contextos de êxito!”.
Logo, em pouco tempo, o jovem gestor já tem apresentado inúmeras mudanças na estrutura da Escola, além de trazer a comunidade escolar, momentos diferenciados!

“Não me coloco como proprietário dessas mudanças, tudo parte de um conjunto! Uma equipe organizada e unida é capaz de alcançar muitas coisas! E isso tem acontecido na Vila Brasil! Técnicos-Administrativos, Professores, Coordenadores e Direção juntos buscando o melhor para nossos estudantes! O meu papel como gestor tem sido, organizar essas frentes e potencializar aquilo que cada um tem de melhor! Todos temos dons naturais, basta apenas um olhar minucioso para conseguir encontrá-los!”.

O diretor ainda conta que foi bastante criticado no começo, e frases como: “ele não dá conta”, “ele é novo demais para ser gestor”, “é um moleque”; foram muito presentes no seu dia-a-dia. Porém, serviram de inspiração para procurar o amadurecimento e a melhora nas habilidades em termos de gestão. Ele conta que o que mais ajudou-o no processo de olhar para educação de maneira diferenciada, foi seu Mestrado em Ensino de Física:

“No meu curso de Mestrado estive sobre a orientação de grandes profissionais da educação que me fizeram desagarrar de preconceitos que ainda me assolavam. Além disso, aguçaram meu olhar crítico e reflexivo para aprender a se articular com rapidez mediante a situações problemáticas no processo de ensino e aprendizagem. O agradecimento é enorme, pois não amadureci somente como educador, mas como ser humano!”.

A escola tem passado por uma série de mudanças, e vem ansiosa aguardando o retorno das aulas presenciais para inaugurar ainda mais novidades! Um pouco do trabalho desenvolvido pode ser visto nas imagens em anexo.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Fátima em Dia Publicidade 1200x90