08/11/2021 às 14h09min - Atualizada em 08/11/2021 às 14h09min

Mulher denuncia ex-namorado de 15 anos ao saber que ele transou com a filha

Menina de 14 anos confirmou a relação com o garoto, um ano mais velho

- AGORA LITORAL

Uma mulher de 30 anos denunciou um adolescente de 15 anos, com quem conviveu maritalmente por dois meses, após descobrir que o jovem também mantinha relações sexuais com a sua filha, de 14 anos. Ela acusou o garoto de estupro de vulnerável e o caso foi parar na Delegacia de Polícia Civil de Paranaguá-PR.

Antes de prestar queixa contra o adolescente, a mulher levou a filha ao Hospital Regional do Litoral (HRL), na manhã de domingo (7/11), para que fosse submetida a exames médicos e fizesse as medidas preventivas para esse tipo de situação. O HRL chamou a Polícia Militar, via 190, e informou o fato.

Segundo a mulher, ela e o adolescente relacionaram-se por cerca de dois meses, porém, após uma discussão, resolveu mandar o jovem embora de casa. Logo após, ainda segundo o que narrou aos PMs que atenderam a ocorrência, descobriu que o garoto e a sua filha mantinham relações sexuais regularmente.

CONSENSUAL
Indagada, a menina confirmou o suposto estupro, mas deixou claro, tanto para os policiais como para a equipe médica, que a relação que manteve com o ex-namorado da mãe era consensual, e que nunca foi ameaçada ou forçada por ele a realizar o ato.

Mãe e filha foram encaminhadas para a Delegacia de Polícia Civil, com acompanhamento de um conselheiro tutelar, para a formalização de uma queixa-crime contra o garoto.


Link
Notícias Relacionadas »