17/10/2022 às 20h07min - Atualizada em 17/10/2022 às 20h07min

Acuado por denúncias, Contar desiste de debate desta segunda-feira

Operação da PF em clube de tiro e apoios de ex-prefeito preso e investigados fazem Capitão Contar evitar debates

Topmidianews

Candidato a governador de Mato Grosso do Sul, Capitão Contar (PRTB) desistiu de comparecer a debate contra Eduardo Riedel (PSDB) na noite desta segunda-feira (17). O evento, que é organizado pelo site Midiamax e pool de imprensa, acabou contando apenas com a presença do tucano.

A fuga do militar reformado ocorre após as primeiras polêmicas envolvendo a candidatura ao Governo de MS, como apoios de investigados – Puccinelli, Marquinhos Trad e até Gilmar Olarte. Contar preferiu evitar o embate público de um contra um.

A reportagem apurou que Contar deve participar de apenas um debate nesta reta final de campanha. Há outros três encontros marcados, inclusive do TopMídiaNews e SBT/MS, sucesso de público no primeiro turno.

Os contestados apoios de André Puccinelli, investigado na Lama Asfáltica, Marquinhos Trad – denunciado por assédio sexual – e agora Gilmar Olarte, considerado o algoz de Campo Grande, foram apontadas como primordiais para a desistência da participação nos debates.

Na semana passada a PF realizou Operação em um clube de tiro de Maracaju e Campo Grande suspeito de enviar armas de grosso calibre para facções criminosas que fazem assaltos, o Novo Cangaço, e nas páginas do clube há diversas fotos de aliados de Contar e pedidos de votos ao capitão do Exército aposentado.

(Armas repassadas por CAC a facções criminosas / foto: ~divulgação)

Há também denúncia envolvendo o chefe de gabinete de Contar na Assembleia Legislativa, que foi denunciado pelo Ministério Público Estadual em escândalo que pode envolver a candidatura.

Ainda hoje, o candidato do PRTB afirmava que esperava apresentar ‘propostas e combater fake news’ no debate desta segunda-feira. Por escolha própria, não cumprirá a primeira promessa, ainda como dandidato.

Já Eduardo Riedel confirmou publicamente a participação em todos os debates. “É preciso respeitar o eleitor. O debate é oportunidade de demonstrar quem está preparado, onde o eleitor pode comparar e definir seu voto. Além de respeito para com os veículos de imprensa, que lançam mão de toda uma logística e infraestrutura para organização dos debates, eles são uma excelente oportunidade de apresentar à sociedade nossas propostas para um novo futuro para Mato Grosso do Sul”, afirmou Eduardo Riedel.



Link
Notícias Relacionadas »
Fátima em Dia Publicidade 1200x90